Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias COOPERATIVISMO V: Realidade no varejo

 

 

cabecalho informe

COOPERATIVISMO V: Realidade no varejo

cooperativismo V 07 07 2014Se em uma ponta da cadeia, cooperados e profissionais do campo trocam informações acerca do plantio e produtividade das lavouras, na outra ponta, o consumidor paranaense já consegue perceber que as cooperativas também têm qualidade no varejo, levando produtos variados às gôndolas dos supermercados.

Comercialização - De acordo com informações da Ocepar, a comercialização desses produtos já representa 18% das receitas das cooperativas do segmento agropecuário. No total, são 20 cooperativas atuando forte com itens como margarinas, óleos, carne de frango, leite, queijos, iogurtes, farinhas, sucos, cafés, entre outros.

Altos investimentos- Cooperativas que partem para esse ramo investem alto no desenvolvimento de produtos, demandas de mercado e logística, para que os itens cheguem em diversas redes de supermercados por todo o País. Atualmente, 45% da matéria-prima recebidas pelas cooperativas do Estado passam por beneficiamento de alguma forma. Para 2015, a expectativa da Ocepar é que este número atinja, pelo menos, 50%.

Cocamar - Pioneira em investimentos industriais no cooperativismo do Paraná, a Cocamar Cooperativa Agroindustrial, de Maringá, começou a operar com a indústria de óleos em 1979. A industrialização do produto, um dos carros-chefe da cooperativa, deve atingir a marca de 7,9 milhões de caixas de óleos este ano, volume 18% maior em comparação às 6,7 milhões de caixas produzidas em 2013.

Complexo - Hoje, a cooperativa possui um complexo com 11 plantas na cidade, onde produz também café torrado e moído, café gourmet, cappuccinos, bebidas matinais de café e soja, néctares de frutas e bebidas à base de soja em diversos sabores, maioneses, ketchup, mostarda, álcool doméstico nas formas gel e líquida, linha de chás e farinha de trigo. Esses produtos, distribuídos para pontos de venda em grande parte do País, resultaram para a Cocamar, no ano passado, uma receita de R$ 615 milhões. Para este ano, a previsão é chegar a R$ 690 milhões, mantendo a participação ao redor de 22% no faturamento geral da cooperativa, estimado em R$ 2,9 bilhões.

Outras estruturas- A busca da melhoria constante da eficiência se percebe em todas as outras estruturas industriais. A produção de bebidas à base de soja e néctares de frutas, por exemplo, tem apresentado volumes contínuos de crescimento e o desafio é aumentar cada vez mais a produtividade. A previsão para 2014, de acordo com o gerente industrial da Cocamar, Valdemar Roberto Cremoneis, é que essa indústria, que tem capacidade para 36 milhões de litros por ano, produza entre 30 e 31 milhões litros. No ano passado foram 27 milhões de litros.

Metodologia - Cremoneis explica que a unidade utiliza uma metodologia de avaliação, com o apoio de uma consultoria e a participação de outros setores diretamente envolvidos, como comercial, marketing e logística. "Trabalhamos com um comitê voltado a atingir os objetivos", explica o gerente. (Folha Rural / Folha de Londrina)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias